sexta-feira, 28 de maio de 2010

Os Nativos e nós

Acho que eu sempre tive a opinião de que os povos nativos deviam continuar nativos, acho que essa seria uma forma de pensar que combina com o pensamento de que devemos preservar a natureza. Assim parecia ruim ver pessoas com antepassados nativos dirigindo carros, usando roupas modernas ou não sabendo falar a língua nativa dos seus antepassados. Parecia uma agressão à natureza.

Mas então a gente lê alguns livros sobre a evolução do ser humano. Eles são seres humanos como nós, mas em um estágio diferente da evolução. Parece que se a gente quer que eles continuem nativos é porque consideramos eles como animais, indiretamente como sendo inferiores do que a gente. Em geral consideramos a nossa vida melhor do que a deles, pelos confortos que temos fruto da evolução das civilização, e por esse ângulo parece que deveríamos trazer essa evolução também para esses povos. Eu não sei qual é o certo, até porque as vezes me pergunto se a nossa vida atualmente é realmente melhor que a dos nativos.

Aí eu escutei no programa Ideas (infelizmente não achei o link online para ouvir) que em 1969 o governo argumentou que precisavam eliminar o status nativos dos povos nativos, dar instrução a eles, pois eles estavam ficando para trás dos Canadenses de descendência Européia. Mas eles não aceitaram... sob o argumento que achavam que o governo queria na verdade acabar com a cultura deles.

Enfim, achei uma questão interessante e difícil...

Nenhum comentário: