domingo, 23 de maio de 2010

Outro belo treino

E lá fui eu novamente para rua hoje as 6:30 da manhã. Temperatura de 13 graus, eu visti a minha blusa da corrida do Centro Histórico de 2003. Lá fora não parecia frio, eu podia ter ido de camiseta. Mas minhas pernas estavam cansadas e eu imaginava que estariam pelo final difícil que foi o treino de ontem. E por 2 Km, até a Bathurst, as pernas reclamavam. Eu desisti de fazer o loop de 12Km pela Belt Line pois pegaria subida, resolvi seguir pela Saint Clair e descer a Lansdowne, definiria o resto do percurso depois.

Mas ali na Bathurst eu já me sentia melhor, as pernas ainda cansadas mas eu rodava bem, estava rápido, estava curtindo o dia sem sol, o ventro fresco e a cidade vazia em fim de semana de feriado. Segui pela Saint Clair, passei a Duferin e desci na Lansdowne. Estava encarando um percurso de mais descida do que subida, a não ser que completasse o loop de volta até em casa. A cidade vazia e eu alternando calçada com rua. Correr na rua é sempre mais gostoso e parece ser mais rápido, parece estar numa corrida. E descendo a Lansdowne eu aumentei o ritmo, parei no semáforo da Bloor, os poucos segundos de descanso me fizeram mais rápido e eu segui para o Sul, para o lago.

A Lansdowne acabou na Queen, rodei para Leste até achar uma ruazinha que descesse até a King, onde rumei definitivamente para leste rumo a Yonge e de volta para casa. Rodei rápido na King como a tempos não rodava, em calçadas e ruas vazias. As pessoas são legais, mas quando elas vão embora a cidade fica mais legal. E eu dominava as ruas, correndo com camiseta de manga longa de algodão, pesada de suor, como em meus bons tempos de corredor ingênuo.

Na Yonge eu rodei para o Norte, de volta para casa, pensei em completar o loop, mas a Yonge é meis subida do que descida ou plano e eu me senti cansado no mesmo momento em que vi o ônibus do outro lado. nesse momento o psicológico não ajudou. Mas não peguei o ônibus, apenas diminuí o ritmo, estava no centro da cidade e via mais gente nas ruas, corria lentamente para descansar. Subi a Yonge por dois Km correndo lentamente, até que um ponto de ônibus foi mais atrativo do que as calçadas, eu parei, peguei o ônibus de volta para casa.

Foram 16 Km como a tempo eu não corria...

Um comentário:

Mayumi disse...

Opa! Esquentou por aí, hein? Rsrs. Aqui está um frio de lascar... para nós, os brasileiros! Rsrsrs. Pela manhã faz 8, 9 graus!
Quer dizer que parou no ponto de ônibus? Rsrs. Parabéns pelos 16 km! Hoje, não saí do lugar! Fiz duas horas e meia na esteira! Kkkkk.
Bons treinos!