sábado, 14 de agosto de 2010

Mountain Bike Trail





Hoje eu fui com o Trevor na trilha de mountain Bike. Saímos cedo e encontramos a trilha com pouca gente, apesar de que hoje tinham bastantes corredores por lá.


A trilha é muito desafiante, apesar de difícil. E não tem esse negócio de ser rápido, o esquema é conseguir pedalar pela trilha sem descer da bike. Eu sou fraquinho e quando chega nos troncos, pedras, pontes, eu acabo muitas vezes descendo da bike, mas ainda assim rola muita adrenalina, com descidas e subidas animal, pontes estreitas de dar medo e tal.

A primeira foto foi no final da trilha, digo, no final da trilha mais técnica. Depois dali voltamos para casa por uma trilha mais tranquila, mas que foi onde eu caí legal. Eu não vi um tronco que tinha meio na beirada, na verdade eu avistei ele quando não dava para desviar mais. Mas foi um tombo legal, não me machuquei.

A segunda e terceira foto são praticamente no mesmo lugar. Um pedaço da trilha não muito difícil. 

A última foto na verdade é a primeira que foi tirada. Foi quando estávamos saindo de casa para ir para a trilha.


video

 

O vídeo aí é do Trevor, tentando passar num dos caminhos elevados que tem no meio da trilha. Apesar de eu não me aventurar a tentar o mesmo, este não é um dos mais difíceis, tem alguns iguais a esse que são muito estreitos e portanto é complicado andar de bike lá em cima. ENfim, foi bastante legal!

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Agosto vai, não vai, vai...

Eu comecei preguiçoso em Agosto. Digo, com relação às corridas. A primeira vez que fui correr foi ontem, dia 8. Me senti muito cansado no trote de manhã, saí para fazer um longo, estava todo animado que ia rodar até perder o rumo, mas não foi o que aconteceu. Logo que saí de casa acho que as pernas sentiram o peso da falta de treino. E não quiseram ir. Mudei os planos para um treino lento, curto, deu 8 Km.

Mas isso foi de manhã. À tarde eu fui com a Lika no mercado, fazer umas compras. E foi incrível como eu estava melhor, rodando bem, embora não tão rápido. Mas estava menos cansado! Logo senti aquela dor na parte de trás da coxa do lado esquerdo, reduzi o ritmo. Mas a dor se foi e eu acelerei. No dia seguinte, hoje, eu senti a dor mas forte e senti ela sem correr. Não sei o que acontece, às vezes parece que não podemos ficar parado que ganhamos uma contusão ou sei lá o que. Enfim, acho que vou tentar um trote amanhã cedo para ver como estou e para tentar não ficar mais uma semana parado...

Ah, os dias estão encurtando novamente, eu já não preciso lever óculos escuros se saio as 5 da manhã. Logo o calor se vai e vem o frio novamente... o ciclo se repete para todo o sempre...

sábado, 7 de agosto de 2010

Brasil Race for the Cure

Atendendo o pedido de nossa amiga Andrea que deixou um comentário aí embaixo, estamos divulgando aqui a Corrida de Conscientização do Câncer de Mama, que vai acontecer no dia 24 de Agosto no Rio de Janeiro. Há vários anos existe uma corrida similar, pelo menos em São Paulo, onde só as mulheres correm, mas ela não tem esse alcance international que essa corrida tem.

A corrida começou em 1983 no Texas e em 2000 espalhou-se pelo mundo. Segue o comentário da Andrea:

"O movimento mundial de alerta e conscientização para o Câncer de Mama acontecerá pela primeira vez na América do Sul. O evento que acontecerá no Rio já é realizado em 127 cidades nos EUA e em outros 11 países, mobiliza cerca de 1 milhão e meio de pessoas por ano em todo o planeta e já arrecadou quase 2 bilhões de dólares. O evento acontecerá no dia 24 de outubro de 2010, na Orla de Copacabana e Leme, no Rio de Janeiro. O percurso será de 8 km para a Corrida, e de 4 km para a Caminhada, e 100% do lucro da corrida serão revertidos para programas e projetos focados em câncer de mama no estado do Rio de Janeiro. Informações e inscrições no site www.corridapelacura.com.br. (21) 2267-1968 ou (21) 8863-1997. "

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Correr no inverno

O nosso amigo Bernardo comentou no blog perguntando sobre como é correr no inverno aqui em Toronto. Eu vou tentar falar um pouco disso então... segue o email que mandei para ele...

Toronto é mutio bom para correr, muito melhor que São Paulo ou outras capitais brasileiras. Calçadas largas, não tem buracos, muito menos carros que em capitais brasileiras. Você não precisa necessariamente parar de correr no inverno, embora no meu caso eu tenho notado que eu sempre diminuo a rodagem no inverno aqui. Com neve no chão, às vezes gelo, correr não é tão prazeroso quanto nos dias mais quentes. Mas o frio mesmo dificilmente impede que você corra. Eu geralmente evito sair quando a temperatura tá abaixo dos 15 ou 20 negativos, mas poucas vezes chega nisso.

Você vai conseguir comprar facilmente roupas para correr no inverno, agora no Outono as lojas começam a ficar cheias de roupas de inverno. Você vai ter que comprar calças e blusas de corrida, mas elas são confortáveis, é tranquilo para correr. Eu comprei duas calças e duas blusas, uma mais fina, outra mais grossa. Com isso consigo correr com qualquer temperatura. O esquema é você pegar um pouco de experiência pois cada um sente o frio de forma diferente, cada um tem diferentes preferencias quando a quantidade de roupa vai vestir. Eu costumo colocar uma camisa e uma blusa leve por baixo da blusa de corrida, aí fica três camadas de roupa. Uso a blusa fina para até 5 negativos e a mais grossa para abaixo dos 5 negativos. O mesmo para a calça, tem gente que usa mais de uma calça, mas eu nunca usei mais de uma. Se a temperatura estiver abaixo de zero graus eu já uso um gorro, também tenho um gorro mais fino e outro mais grosso.

Um dos principais problemas que tive foi com as mãos. As mãos, pelo menos as minhas, esfriam muito fácil. Daí várias vezes que eu saia para correr eu acabava passando frio nas mãos. Mas com o tempo eu fui aprendendo. Agora eu tenho uns 4 pares de luvas, de diferente grossura, tal que eu posso escolher o mais apropriado para cada temperatura. Tem gente que usa mais de uma luva, eu já tentei mas depois que eu peguei um pouco de experiencia eu estou ok com uma só.

Eu não uso tenis especial, tenho um tenis para cross, mas não sei se é melhor. Correr na neve é meio perigoso e mais ainda se tiver gelo no chão, pois você pode escorregar e cair. Mas acho que nem tem tenis especial para isso, na verdade eu nunca nem procurei muito pois uso o mesmo tenis o ano inteiro e não tenho problemas. O esquema é denovo pegar um pouco de experi~encia e aí você está ok, vai correr em qualquer neve. Eu acho bem legal correr quando está nevando, acho que porque somos brasileiros, é bonito e tal.

Boca, nariz, rosto, orelha também congelam se estiver muito frio. Na verdade para temperaturas abaixo de 10 negativos eu já acho desconfortável correr pois congela o nariz, boca e tal... Existe umas balaclavas, que cobre tudo e só deixa o olho de fora mas eu nunca me adaptei muito a elas não.

Se você morar perto do centro ou de avenidas principais, a prefeitura limpa as calçadas logo depois que cai neve, então fica trnaquilo para correr. Mas se você morar meio afastando pode ter mais dificuldades e ter que correr em calçadas com neve. Eu diria que é totalmente tranquilo para correr se voce está perto do centro, mas muda muito se você for para a periferia.

Aqui tem gente correndo nas ruas o ano todo. Diminui no inverno, mas muita gente não para não. Acho que tem uma parte que vai pra academia. Eu nunca corri em esteira, não consigo acostumar, é muito chato. É muito melhor sair lá fora, mesmo no inverno, você vai ver que é mais tranquilo do que pensa e na verdade nas primeiras vezes que eu corri eu tava achando bem legal pois é diferente. Mas o inverno não acaba e chega uma hora que você não vê a hora de a neve ir embora e quando ela vai e o verde das árvores volta é maravilhoso, a gente sente muita falta do sol.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Andando na trilha





aproveitamos o feriado para dar uma caminhada pela trilha onde eu geralmente corro. E convidamos a nossa amiga Tiffani. Foi um passeio legal onde você esquece que está no meio da cidade e sem perceber caminha mais de 5 Km... pena que os Km não servem para o duelo né...

A trilha termina em um cemitério que mais parece um grande parque, onde a galera caminha, anda de bike e tal.

A Tiffani é a chinesinha aí da Foto, comigo e com a Lika. Nas duas últimas fotos estamos dentro do cemitério, na segunda estamos em uma ponte logo após o cemitério, no começo da Belt Line, onde eu corro sempre. E finalmente a primeira foto foi tirada no restaurante onde resolvemos jantar. E ficamos conversando tanto que a galera do restaurante teve que avisar a gente que eles estavam fechando..

Enfim, foi legal e bem quente, os dias continuam quentes....

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Churrasco




Ontem eu fui num churrasco interessante. Através do chefe eu conheci um sujeito da Guiana, agora morando no Canadá, mas que viveu no Brasil por um tempo, então ele fala Portugues. Ele nos chamou para um churrasco na casa dele onde ele reuniu os amigos. Lá encontramos uma turma de Brasileiros, mas a maior parte da galera era pessoal da Guiana que veio para o Canada.

Conhecemos várias pessoas e teve comida, bebida e música típica da comunidade Guianesa. Os brasileiros pilotaram a churrasqueira, mas a parte mais esperada da festa parece que não foi o churrasco, foi a comida, que incluiu saladas, arroz, frango e macarrão, tudo preparado de uma forma meio diferente do que estamos acostumados. No final estávamos consados, mas foi legal por termos conhecidos mais pessoas, mais brasileiros e mais tradições. É interessante como o Canadá tem tantas pessoas que adotaram o rótulo "Canadense" mas ainda são todos apegados às suas orígens...

Civic Holiday

Hoje é feriado no Canadá, chamado Civic Holiday. Este é um feriado engraçado pois ele não tem muito significado. Além disso tem diferentes nomes em diferentes províncias e não é "statutory", ou seja, não é um feriado que os empregadores precisam dar aos empregados. Eu li umas coisas sobre ele, e parece que a principal razão é que ele cai no meio de um longo período sem feriado, tipo, resolveram fazer um feriado para preencher o espaço.

Enfim, o dia apenas começou, mas eu tô pretendendo dar umas voltas com, descansar mais um pouco, talvez ir na ilha, ler...