sábado, 6 de março de 2010

Treino hoje




Diz a lenda que todo ano há um dia ou fim de semana onde a temperatura sobe bastante, marcando o início da Primavera. Talvez o fim de semana tenha sido esse, onde a temperatura beirou os 10 graus hoje e promete chegar aos 10 amanhã. Mas há mais do que o calor, há o sol também. O sol que saiu forte como nunca nessa semana e nesse fim de semana. O sol que faz a galera sair lá fora para sentí-lo. O inverno está indo, a primavera esta chegando.

E eu não resistia tentação de organizar um treino no sol. Sim, eu sempre corro na madrugada, ainda escura e fria. Aliás, com o céu limpo a madrugada fica bem fria, com 5 negativos e sensação térmica de 11 negativos. Então porque não esperar o sol sair para correr, pelo menos nos finais de semana.

Mas eu também estava determinado a fazer um longo, e precisava ser por trilhas pois eu não aguento mais tanto semáforo. Planejei descer a A Don River trail até o centro e lá decidiria se continuaria pela Lake shore até o High Park ou se pegaria o metrô de volta para casa.

Mas chegar no Don River era a parte chata, eu tinha que correr pela Bayview, cheia de carros, parece uma rodovia. Olhei no mapa, devia ter outro jeito de chegar lá. Sim, havia outra forma, uma que me faria correr por ruas nunca antes exploradas e um pedaço novo de trilha também.

Eu saí, com meu gorro e boné, saí tranquilo, o sol bonito. Corri pelas novas ruas, me perdi por uma vez e cheguei na Bayview, atravessei, trilha a frente. Eu já havia me perdido por ali, mas agora eu queria pegar outra bifurcação da trilha que eu mal conseguia distinguir do resto da mata. Na imagem do satélite, tirada no verão, era tudo não diferente, trilhas tão nítidas e bonitas e agora eu via que saindo da estrada eu ainda encontrava neve no chão, neve derretendo. E foi a agua escorrendo da neve numa descida íngreme, típica das corridas de montanha, que pregou a primeira peça. A descida estava um sabão e eu não percebi.

Eu caí lá em cima e escorreguei até a base, uns 5 metros, igual um tobogan. Foi engraçado, mas eu cheguei lá embaixo completamente chei de lama grudenta na parte de tras, algo que você não limpa. E eu planejava correr na Lakeshore, ia chamar a atenção de todo mundo, o maior palhaço, correndo todo sujo, como que dizendo para todo mundo "Olha só, eu caí no barro". Mesmo assim eu segui em frente, naquela hora eu estava meio que esperando que eu pudesse me lavar um pouco no rio logo a frente (mas estava frio para eu me molhar e o rio era meio num buraco, você não chegava na água facilmente). Andei inicialmente pois depois eu não queria tomar outro tombo e tudo estava muito liso. Achei a ponte, tirei umas fotos e vi que tinha perdido o boné. Voltei no local da queda (ele só podia estar lá), peguei o boné, voltei à ponte.

Depois da ponte eu estava em território conhecido e sem neve, tranquilo para correr, mas eu estava meio cansado. Cheguei no ponto X do percurso, onde eu tinha que decidir se iria para casa ou se iria para o centro. Parei, pensei e decidi voltar para casa. Eu estava mutio sujo, um sujeito até me perguntou de dentro do carro se eu estava bem, mas não era só isso. Eu estava cansado. Hoje não era dia para longo e não sei se haverá dia para longo se eu continuar correndo 10 a 12 Km todo dia. As pernas não queria rodar 18 ou 20 ou 25 Km, não queriam de jeito nenhum, era melhor voltar pra casa e poupar os músculos, poupar a mim mesmo da vergonha de andar cheio de lama pelo centro.

E eu peguei a Bayview, exatamente na parte que eu quis evitar indo pela trilha enlameada, corri pelo acostamento até chegar na outra trilha que me levou para casa. E o treino terminou com 12Km.

Nas fotos dá para ver o dia ensolarado, bonito na paisagem sem verde de inverno. Metade da ponte ainda com gelo no chão. Eu tentei tirar mais fotos em outra trilha e notei que a minha câmera estava com problema, ele não ligava mais. Acho que com esse negócio de ficar carregando a câmera nas corridas, ela pediu água, se aposentou. Estou realmente pessimista quanto as possibilidades de concertá-la. Imagino que se não o fizer terei que comprar outra, afinal o blog precisa de fotos...

Nenhum comentário: