sexta-feira, 10 de julho de 2009

O treino de ontem

Eu achei que para me divertir mais (e para poder fazer frente ao Sadaoem alguma corrida no Brasil) eu precisaria mudar o esquema do meu treino. E parar de focar em altas Km semanais, pois aquilo tava me matando. Eh, eu talvez nao tenha sido feito para correr todos os dias. E alem de tudo estava lento, bem lento. Vou tentar voltar ao esquema de treino que estava antes da Waterfront Marathon, em 2007. Fazer longos nos sabados, uma corridinha no domingo, mais uns 3 treinos na semana. Mas os da semana geralmente eram fortes, muitas vezes em pista.

Ontem resolvi correr a tarde e resolvi mudar o percurso. De casa fui direto para a Belt line, subindo ela ao inves de descer. Eu estava mais ou menos, nao estava me sentindo muito bem, estava um pouco travado talvez por ter ficado varios dias sem treinar.

Entrei na Belt line e tive que parar na Avenue Road pois nao deu para atravessar, tinha muito carro. E enquanto eu esperava chegou uma garota e parou ali tambem, eu notei que ela chegou num ritmo forte. Digo, forte para as minhas condicoes atuais. Mas ainda assim o semaforo abriu e eu coloquei o ritmo maximo que eu achava que dava para segurar por um bom tempo, para ver se ela me passava. Aconteceu o pior, ela nao me passou mas ficou na cola. O ritmo estava forte para mim, eu sabia que nao aguentaria tanto naquele ritmo, mas nao que eu estivesse tao rapido, era forte porque eu nao tenho treinado tiros, estou lento. A Belt Line deve ter uns 3.5 a 4 km e depois de uns 2 Km eu jah me sentia cansado e ela ali, nao desgrudava. Mas eu percebi que ela estava com respiracao forte, cansada tambem, entao segurei as pontas, continuei forte. Nos 500m finais da Belt Line eu jah estava planejando o que fazer quando chegasse no final. O palno era virar e voltar, mas e se ela faz o mesmo? Putz, ia ser dificil segurar aquele ritmo toda a volta, senao impossivel.

Por sorte no final da Belt Line, quando eu desacelerei para fazer a meia volta e voltar, ela veio do meu lado. Eu disse a ela "Very good!". Ela estava cansada, deu risada e respondeu "thank you" e foi para a parede se alongar. Eu nao planejava parar embora quisesse pois estava cansado, entao eu dei meia volta e voltei. A boa noticia era que a votla era descida, mas eu estava tao cansado que eu diminui o ritmo de qualquer forma. Faltando cerca de 1Km para chegar em casa o ritmo tinha caido muito e eu resolvi simplesmente caminhar.

Pois eh, o meu preparo esta fraco para velocidade (nao sei se estah bom para alguma coisa). Eu vou ver se descanso uns 3 dias por semana e vou mais para a pista para tentar melhorar a velocidade. E vou voltar a incluir uns longos no sabado, afinal esse eh o jeito que eu sempre treinei... amanha eh sabado...

2 comentários:

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Marcos meu amigo parabéns pelos treinos, olha o meu técnico uma certa vez me disse o seguinte que DESCANSO também é Treino...Então amigo se estares cansado, descanse.

Bons treinos,

Um abraço,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.blogspot.com

Mayumi disse...

Fazer tiros de vez em quando pode aumentar a sua velocidade e resistência! Talvez seja uma boa! Quanto à garota na sua cola, acho que foi um incentivo mútuo para correrem no máximo, não foi?