sexta-feira, 26 de julho de 2013

Turistas

Depois que eu mudei de trabalho eu comecei a ir de vez enquando almoçar no num lugar chamado "Big Fat Burritos", que vende ums burritos grande. Esse lugar não é o típico restaurante que você encontraria em Toronto, pois ele fica localizado no Kensington Market, onde o comércio as lojas são parecidas com as do Brasil - estabelecimentos abertos, perto da rua, calçada estreita, ruim de andar, tudo parecendo muito informal. Mas eu sempre achei legal o lugar, inclusive não só almoço mas faço outras compras lá.

Depois descobri que o lugar é um dos pontos turísticos de Toronto por ter conservado o estilo mais tradicional e ter lojas diferentes e tal. Então comecei a reparar que qualquer dia que você vai lá, você vê muito turistas na rua.

Agora no verão o Big Fat Burritos parece um barzão, todo aberto mas sem ser na rua. Tem aquelas janelas grandes aberta estilo daqui, onde vc senta perto e fica vendo a galera passar do lado de fora, mas ainda assim pertinho de você. Do outro lado da rua tem uma pintura na parede enorme, que eu não sei bem o que é pois o outro lado da rua é meio longe para os meus olhos... Daí sempre que vou almoçar lá, como hoje, eu não posso deixar de notar as pessoas parando com câmera e tirando foto daquela pintura na parede que para mim não é muito mais do que um pixe colorido. Para mim fica aquele contraste do morador local, como eu, que acha tudo normal e rotina, com o turista que fica de boca aberta com coisas que a gente despreza.

Acho que o contraste tem um significado interessante, o de que nós frequentemente damos muita importância ao que realmente não tem importãncia. Aprendemos a depender e valorizar o que não tem realmente utilitdade ou valor. Talvez seja natural de nós, com nossa sede de conhecimento, adorar tudo que é novo, mas situações como estas parecem tão patéticas...


Nenhum comentário: