quinta-feira, 28 de junho de 2012

Inteligência e Traição

Mais um exemplo do uso indiscriminado, incorreto, manipulativo da informação pela mída. Pior, por uma revista considerada científica, a Superinteressante.

Eles publicam um resultado totalmente suspeito - sim, dizer que pessoas mais inteligentes traem mais, fala sério, eu resolvi conferir simplesmente porque o título já denunciava que o conteúdo era provavelmente furado - dizem que o sujeito que fez a pesquisa nem é mais permitido publicar em revistas sérias - pois é, felizmente para ele temos superinteressantes por aí - mas ainda assim vão em frente como se o resultado fosse um que prova alguma coisa.

O meu problema com artigos como estes é que uma grande parte do público não vê o problema no artigo e toma os resultados como verdade simplesmente porque está na página de uma revista científica - sim, não estamos falando de uma revista de humor - e está rotulado de pesquisa científica, com nomes de "cientistas" e gráficos "sofisticados". Vc não acha que todo mundo entende esses gráficos né, ou que todo mundo entende os problemas de inferência causal com uma pesquisa provavelemnte transversal onde o entrevistado relata se traiu ou não (eles não dão detalhes da pesquisa, talvez de propósito). Dessa forma a mídia formata o que as pessoas pensam, a cultura até, de com informações furadas. Isso seria pouca coisa talvez, se acontecesse raramente, mas o própiro artigo citado aqui contem links para outros resultados igualmente idiotas (não quero dizer furados, pois eu não tive paciencia de seguir os links, mas...).

Nenhum comentário: