sábado, 23 de junho de 2012

Ciclismo

O Canadense Ryder Hesjedal venceu a  edição de 2012 do Giro d'italia. Considerado um dos mais famosos eventos ciclisticos do mundo, o Giro d'Italia só  perde para o Tour de France em notoriedade. A vitória do Canadense foi tido com um enorme feito para o país que não tem assim tanta tradição no ciclismo.

O GIro d'Italia, assim como a Vuelta a Espana, o Tour de France e a Volta Ciclística de São Paulo são eventos ciclísticos muito longos, compostos de vários estágios, cada estágio sendo um longo percurso em um dia, e os estágios são geralmente em dias consecutivos, com poucos dias de descanso, o que faz esse tipo de evento ser muito relacionado a resistência do atleta. Alguns deles como o Giro d'Italia são especialmente difíceis pelo grande número de estágios e por vários deles serem em montanhas com aclives sinistros e muito longos. Isso faz com que essas competições sejam bastante emocionante de serem assistidas. Uma outra coisa que acho interessante são as estratégias envolvidas já que a competição é geralmente em times, onde todos os atletas de um time ajudam um lider a ganhar.

É interessante que o ciclismo seja tão pouco difundido e tão não tradicional no Brasil, sendo quase religião em países com França, Itália, Belgica e Espanha. Especialmente porque ciclismo não é algo difícil de se praticar no Brasil (bom, estou falando de clima, relevo... mas a falta de notoriedade do esporte no Brasil acredito que causa a falta de espaço reservado para treinamento em cidades como São Paulo, dificultando ainda mais o seu desenvolvimento no país).

Enfim, a vitória de Ryder Hesjedal é histórica, especialmente porque o Canadá, assim como o Brasil, não é um país vidrado em ciclismo. Mas para os que gostam, foi um feito marcante. Ryder vai agora participar do Tour de France e dos jogos olímpicos. Existem algumas preocupações que ele possa não ter boa performance por estar cansado do Giro, mas em geral há também muitas esperanças. E o Tour de France começa em uma semana...



Nenhum comentário: