domingo, 14 de abril de 2013

Trabalhadores estrangeiros

Estes dias um dos funcionários do maior banco Canadense, que trabalhava com Tecnologia de Informação (TI), informou a mídia de que o banco estava fazendo eles treinarem Indianos e que quando o treinamento estivesse completo os Indianos tomariam seus lugares. Era uma situação bastante ingrata para quem ouve de fora, pelo menos. E deu muita repercursão. O desemprego no Canadá não está tão baixo e há muitas pessoas com dificuldades de encontrar trabalho, principalmente mais jovens. Ou seja, a repercursão para o banco foi bastante negativa, ele estava favorecendo estrangeiros e mandando Canadenses para o olho da rua, em nome dos lucros. Até o governo se pronunciou dizendo que investigaria o caso e que isso era inaceitável.

O banco logo se pronunciou, na verdade eles tiveram que foram forçados a fazer algo para evitar mais danos a reputação. Eles explicaram que não estavam fazendo nada contra a lei, que há trabalhos que se faz melhor na India e que este era um primeiro passo para aumentar a eficiência e tal. E que nenhum funcionário seria demitido, eles teriam oportunidade de ficar na empresa. Mas tipo, a população já tava caindo de pau no banco, gente  fechando a conta, muita crítica.

Eu pensei desde o começo, já com um pouco de pena do banco ainda que seja uma situação estranha eu ter pena de um banco, que a situação era injusta no sentido que há um dano enorme para a imagem do banco por uma coisa que outros bancos podem estar fazendo pior ainda. A mídia tem um poder incrível sobre a população, e informação divulgada errada ou pela metade pode ter consequências bastante negativas.

Com uns dias e outras empresas apareceram com a mesma política, inclusive o Tim Hortons, loja que vende café tida como uma das mais Canadenses (apesar que ouvi fazer que os Americanos tem a maioria de suas ações). Mas enfim, sabe lá quantas empresas fazem coisas similares, a questão é que estamos no sistema capitalista onde ser Canadense ou ajudar o País não é mais importante do que ganhar dinheiro, ainda que as pessoas tenham a ilusão de que seja.

Nenhum comentário: