terça-feira, 2 de abril de 2013

Mais Brasil

Dois crimes no Brasil chamaram a atenção dos Canadenses. O primeiro foi o estupro da garota estrageira no Rio de Janeiro e o segundo foi execução de dois adolescentes em frente de uma câmera que também mostrou que tinha um carro da polícia perto, sem fazer nada. Em ambos os casos a repercursão aqui é muito negativa para o Brasil, eles inclusive lembrar que este é o País que vai sediar a Copa e Olimpíadas. Infelizmente para nós Brasileiros essas coisas que deixam os Canadenses de cabelo em pé não são tão novidades.

Um ponto interessante é que minha impressão do segundo crime, da câmera, foi muito pior quando eu ouvi aqui no rádio. Não que já não tenha sido ruim demais, como eles dizem aqui, uma more já é uma alêm da conta. Ou qualquer coisa assim. Mas sobre o envolvimento dos policiais, não é claro pelo vídeo se eles estão envolvidos, se eles realmente se omitiram. Pela notícia no rádio daqui eu pensei "No Brasil os traficantes pagam os policiais mais dinheiro do que o governo, uma hora ia acontecer dos policiais serem pegos do lado dos bandidos", imaginando que os policiais estavam do outro lado da rua, olhando e nem ligando. Pois foi meio assim que falarm aqui, alem de falarem que a população Brasileira tava revoltada e tal. No entanto a notícia parece ter tido tão pouca repercursão no Brasil que deu trabalho para achar ela - não está no Globo.com, no site da Folha de São Paulo, Uol.com, Ultimo Segundo... Eu já estava começando a duvidar que eu tinha ouvido algo no rádio, imaginando que eu tinha sonhado, pois não achava a notícia...

Enquanto procurando pela notícia eu acabei me deparando com outras tão ruins quanto, mas que aqui não deram bola.

É interessante o poder da mídia. Na verdade é importante entendê-lo. Não importa o que aconteceu, os Canadenses que só falam Inglês provavelmente não vão assistir o vídeo, vão simplesmente acreditar na versão da TV Canadense e fica com a impressão que o Brasil é uma selva onde a polícia é totalmente enfeite ou corrupta. Não que não exista esse problema, mas não acho que esse fato prove qualquer coisa.





Nenhum comentário: