domingo, 6 de outubro de 2013

Uma Nuit Blanche diferente

Nuit Blanche é uma exposição artística que toma conta do centro de Toronto uma vez por ano, por uma noite inteira. Museus ficam todos abertos a noitem, e de graça (com filas enormes, claro).A idéia é que do pôr do sol ao nascer do sol você ande muito vendo centenas de esposições artísticas espalhadas pela cidade. Mas não é só museus, a maioria são exposições temporárias motnadas no meio da rua ou em parques, ao ar livre, com acesso para todos, de graça. Como é em Outubro, geralmente é uma noite fria, mas não tão fria, tipo longe de ter neve, estava uns 12 graus esta noite.

Na primeira vez que fui, em 2009, eu fui de bike e fiquei quase a noite inteira. É meio que um desafio, vc ficar a noite de sábado para domingo sem dormir e tal, mas é difícil, muito cansativo, acho que em parte por causa da multidão nas ruas, dificuldade de ir dum lugar para o outro, e do frio, que no começo (tipo às 19h no sábado) é ok, mas quando chega de madrugada vc já está cansado. A não ser, talvez, se vc gostar muito de multidão e arte. Depois acho que fui mais duas vezes. Este ano eu resolvi fazer diferente - dormi a noite inteira e fui rodar às 5 da manhã rumo ao centro da cidade.

A Nuit Blanche vai até por volta das 7:30 da manhã, ou seja, eu tinha bastante tempo. Comecei o treino às 5 com chuva e frio, e já imaginei que a galera que pretendia ficar a noite interira acordada devia ter sofrido.Quando fui chegando no centro as ruas estavam vazias e a galera estava desmontando os esquemas em algums pontos. Por exemplo, nessa primeira foto não tem ninguem, e tudo muito molhado. Mas eu estava tranquilo e continuei descendo rumo mais ao centro. Não demorou muito cheguei num caminhão com uns esquemas estranhos (não tirei foto), e ele me deram uma bexiga. Eu então passei a correr com a bexiga, andando e correndo pois estava complicado correr daquele jeito. Passei por vários pontos e quanto mais no centro mais gente na rua, mas ainda assim, não muita gente. A segunda até a quarta fotos são montagens de um artista chinês, com bikes. Alí eu já etava praticamente no final do treino. Ainda estava escuro, tinha muito mais coisas que eu poderia ver, mas eu achei que já tinha corrido suficiente. Foi interessante, agora que não estou tentdo mais muito ânimo para ficar acordado a noite inteira talvez eu repita a experiência ano que vem...











Nenhum comentário: