sábado, 5 de outubro de 2013

Ah, e hoje eu fui correr...

Pois é. Tipo, amanheceu chovendo e eu acordei tarde. 14 graus. Eu geralmente não corro quando acordo tarde, mas a chuva e o fato de estarmos no Outono, acabei não resistindo.

As folhas das árvores estão começando a cair aqui. E se vc é um corredor frequente você vai ser presenteado com os prazeres de presenciar o começo a mudança de estação, que muda tudo aqui. É a passagem do verão quente para o inverno gelado, uma passagem rápida que, estou falando sério, você às vezes percebe mudanças de um dia para o outro. A grande mudança agora está nas árvores perdendo as folhas e em como isso transforma a paisagem. O visual muda e o cheiro muda, principalmente em dias de chuva. Então eu tive que ir correr.

Cada vez mais eu me sinto perdido em termos de percurso que vou fazer. Hoje esqueci o passe do metrô, então tinha que fazer algum percurso que voltasse em casa. Comecei senguindo o meu percurso usual, mas sem realmente saber onde ir. Com 1,5km eu cheguei na trilha, que eu costumo simplesmente  atravessar, pois eu costumo correr a noite e ela é escura. Mas hoje estava claro, ok, vamos pegar a trilha. Mas agora eu já estava meio que voltando para casa e voltar direto seria muito curto. Resolvi que não pararia no final da primeira parte da trilha, atravessaria o cemitério e pegaria a segunda parte, o que tornaria a treino mais longo do que eu inicialmente imaginava. Mas vamos ver, se depois do cemitério eu estiver cansado, volto para casa.

Depois do cemitério eu estava cansado, mas aquela segunda parte da trilha, na chuva, foi irresistível. A trilha esta muito legal por causa das folhas caindo e dos trechos onde você não vê o chão mais. Só as poças de água não estavam muito legais...

Quando eu saí do cemitério (a trilha meio que passa dentro do cemitério, todo mundo corre lá e tal) eu comecei a encontrar mais gente. Resolvi cumprimentar todo mundo com um bom dia. Os corredores muitas vezes se cumprimentam, com um bom dia ou com um aceno de mão, isso é comum, mas eu nunca fui muito proativo em cumprimentar as pessoas. Não tinha nada a perder. Foi interessante pois praticamente todo mundo respondia. Na maior parte, a galera não estava correndo, eles estavam levando o cachorro deles para passear. Impressionante quanta gente tem cachorro. Enfim, todos cumprimeitavam de volta e eu não sei o que aconteceu, tinha bastante gente, tipo sei lá, a cada 100 ou 200m tinha um ou dois ou um grupinho..., e eu não vi o tempo cansado. Me senti correndo mais rápido e menos cansado. Como se os bom dias tivessem me dado uma energia extra. Acabei o treino bem e feliz. Talvez devesse correr mais vezes mais tarde ao invez de ficar correndo de madrugada...

Nenhum comentário: