quinta-feira, 5 de julho de 2012

Vida diferente

Eu havia falado num texto anterior que a gente havia se tornado membros de uma cooperativa, que é uma loja, igual um supermercado. É uma experiencia bastante interessante.

O custo de se tornar membro é de $35 por ano mais duas horas de trabalho por mês, ou seja, muito baixo, na verdade quase não tem custo. A cooperativa sobrevive das vendas dos produtos, mas como o objetivo não é lucrar, os produtos são mais baratos do que num mercado comum.

Comparando com um supermercado comum, as diferenças são bastante e são interessantes. Primeiro que é como se você fosse um dos donos, ou funcionários, você tem acesso a tudo. Você também tem acesso a informações, quando o pão  e as verduras chegam, de onde vêm. Vc pode entrar no quarto refrigerado, geralmente eles guardam coisas vencidas lá que vc pode levar para casa.

Eles também tem um comprometimento com o meio ambiente, com produtos locais e orgânicos, com a comunidade. Praticamente todos os produtos são orgânicos e existe um grande esforço para ter o máximo de produtos locais. Com isso você estranha as pratileiras onde você nunca encontra as marcas que você encontraria num supermercado normal. Por exemplo, você não vai achar coca-cola lá, ou produto da Unilever, ou da Nestlé porque eles favorecem produtos locais e não processados. Muitos produtos são vendidos "em balde" como eles dizem aqui - tem um recipiente enorme lá, você vai e pegar o quanto quer, dessa forma não passa pelo processo de embalar. São vendidos assim coisas como shampoo, mel, pimenta, muitos temperos, até manteiga de amendoim.

A gente vai tentar trabalhar lá duas horas por mês - se não trabalhar pode ou pagar uma taxa mensal equivalente ao trabalho ou um % a mais nos produtos. Existe trabalho de limpeza, organização das prateleiras e ficar no caixa. Na verdade estes são os que sempre tem, existem também outros eventuais.Enfim, bastante interessante, vamos ver como vai sendo a experiência...

Nenhum comentário: