sábado, 21 de julho de 2012

Os buracos no sistema

Eu encontrei este texto que achei muito bom em resumir as atuais condições da nossa sociedade e os problemas que enfrentamos. No começo o texto fala do autor e do livro, mas embaixo tem um resumo dos principais pontos do livro. Aliás o livro é bem interessante.

O primeiro ponto é particularmente interessante. Parece óbvio que o nosso sistema cria muitos dos enormes problemas sociais que temos. Eu não sei se alguém ainda tem argumento contra ou precise mais prova disso, eu tendo a pensar que todo mundo sabe, vê, mas ninguem quer falar sobre. O ponto é que a falta de recursos, a pobreza, subdesenvolvimento, conflitos são todos causados pelo nosso atual sistema, endenda-se a dominação econômica do Oeste, o sistema econômico em si que almeja riqueza, poder, domínio. O sistema impede que a riqueza seja distribuida e causa enorme exploração de recursos naturais e de pessoas. Como então podemos esperar uma solução para os problemas quando as nossas prioridades os causam? Os que tem poder nunca vão parar de querer mais ou abrir mão do que tem em benefício de um mundo mais justo. Então no atual sistema os problemas nunca serão resolvidos e precisamos mudanças radicais. E parece óbvio que mudanças não virão pelos que tem poder, pelos governos e  capitalistas.

Eu acho que até agora o privilégio da informação nas mãos de poucos faz com que seja possível ter 80% da população sendo prejudicada e explorada pelo sistema sem falar nada. Mas informação está cada vez mais difícil de controlar e todo mundo está tendo acesso a ela e se os 80% resolverem que eles tem direito a parte justa das riquezas geradas no planeta, então talvez tenhamos mudanças. Eu imagino que a revolução pela qual estamos passando em termos de comunicação está criando e vai continuar criando situações onde a maioria vai ter mais voz. Espero que esse real democracia não tenha que vir pela violência.

Nenhum comentário: