quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Desencontros

Ontem seria o dia de instalar a internet lah em casa. O sujeito ia chegar entre 8h e 11h da manha. Eu decidi descer lah e esperar fora do predio. O predio eh fechado, precisa uma chave para entrar e eu nao tenho telefone, e por nao ter telefone o interfone tambem nao funciona (santo isolamento). Entao resolvi esperar na rua, o carro vermelho da Rogers (provedor de internet) chega e eu to lah. Mas o carro nao chegou e eu perdi meu tempo. Tava bravo e falei pro chefe que ia ligar pra Bell (concorrente da Rogers). Mas no trabalho descobri que eles ligaram para meu telefone do trabalho e como eu nao atendi eles nao foram. Eles pensaram que era o telefone de casa (embora eu tinha falado que era de trabalho). Ok entao, liguei lah denovo, resolvi tentar novamente, deixar as coisas bem claras. Mas eu estava meio desanimado, a experiencia com a Net no Brasil estava se repetindo....

Mas a moca do outro lado da linha foi muito cordial e disposta a ajudar. Primeiro ela disse para eu esperar em casa e nao me preocupar, ela ia colocar uma nota que eu nao tinha telefone, para eles irem ao apartamento. Mas pode nao ser facil chegar ao apartamento, pois o predio eh fechado, se nao tiver alguem entrando ou eles nao encontrarem o zelador eles nao entram sem chave. Ela se tocou disso e pediu para eu esperar lah fora, eu disse que nao era muito legal esperar 3 horas. Ela ligou pros tecnicos e fez um acordo lah, eles vao me ligar no trabalho e em 15 minutos eu to lah. Mas ela fez tudo com muito boa vontade, o que eh super dificil encontrar quando ligamos para esses call center (pelo jeito em qualquer lugar do mundo). Entao parece nao ser muito o treinamento, mas as pessoas que fazem um bom servico.

No final, como ela tinha sido gentil e o ambiente estava mais descontraido entre a gente, ela sugeriu que eu adquirisse um celular pre-pago, o qual eu pagaria $10 por mes no minimo (se eu nao usasse - o que eh bem mais em conta que os $30 por mes do fixo) mas eu teria um telefone em casa e serviria para ocasioes como essa (e isso nao era propaganda da Rogers para me vender um pre-pago). Ateh a sujeita do call center que nem me conhece vem me falar para comprar um celular, santa pressao. Parece que soh eu nao tenho celular no Canada... Mas ateh que eh uma opcao interessante que eu nao tinha considerado antes. Peloq ue percebo os pre-pagos tem tarifa por minuto bem mais caras, entao ele nao compensa a nao ser que vc realmente nao use muito. Entao acho que aqui a galera usa celular pos pago (fixo parece que eh igual no Brasil, mas mesmo no Brasil a tarifa mensal do fixo parece ser bem cara) muito mais do que pre pago (enquanto que no Brasil me parece que eh o oposto). Por isso eu nem sabia que existia pre pago aqui. Mas vou olhar melhor isso....

E vamos torcer para nao acontecer mais desencontros...

Um comentário:

Mayumi disse...

Oi, marcos. Desencontros acontecem, mesmo! sabe que uma vez, compramos uma geladeira e ficamos o dia inteiro esperando. Quando resolvemos descer para avisar o porteiro que estávamos esperando a tal geladeira, ele disse que já tinham vindo entregar mas pensou que não tivesse ninguém em casa e mandou o frapaz da entrega embora!!!
Quanto aos celulares, eu comprei um para a minha mãe que custou R$99,00 e é pós-pago, com um crédito limitado a R$34,00 por mês. Então, acho que está bem parecido com os daí.
Boa sorte na aquisição!